Cerimônia de abertura marca início dos trabalhos da 54ª Assembleia Geral da CNBB.

A cerimônia de abertura da 54ª Assembleia Geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) aconteceu na manhã desta quarta-feira (06) no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida em Aparecida (SP), onde acontece a maior parte dos trabalhos dos bispos durante esses dias.

Para abrir os trabalhos da Assembleia compuseram a mesa, o reitor do Santuário Nacional, padre João Batista de Almeida; o prefeito de Aparecida, Ernaldo Cesar Marcondess; o cardeal arcebispo Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis; a presidência da CNBB, Dom Sérgio da Rocha, Dom Murilo Krieger e Dom Leonardo Steiner e o núncio apostólico do Brasil Dom Giovanni d’Aniello.
Com palavras de acolhida o reitor do Santuário Nacional cumprimentou os bispos e desejou que os trabalhos da Assembleia apresentem sinais de esperança ao povo brasileiro.

“Senhores o nosso povo está inseguro pelo futuro do nosso país. Infelizmente a confiança depositada nas urnas nas eleições culminou numa angústia atual. A CNBB sempre foi um guarda-chuva do qual o povo espera uma proteção e o nosso povo precisa respirar esperança, estamos carentes de palavras que nos faça acreditar. Esperamos que essa Assembleia reacenda a chama da vida para a qual queremos trabalhar. Temos a certeza que o Esprito Santo de Deus não abadonará aqueles que foram colocados na condição de guias espirituais do país”, colocou.

O reitor do Santuário Nacional fez ainda um pedido especial aos bispos pela valorização dos santuários diocesanos.

“Este lugar é referência de atendimento a peregrinos faço um pedido em nome dos reitores de santuários, que registrem os seus santuários diocesanos no conselho de reitores de santuários para que em nossa assembleia tenhamos a maioria participando e que a exemplo da CNBB os santuários trabalhem em unidade”, pediu.

O núncio apostólico, Dom Giovanni disse que está mais uma vez em comunhão com a Assembleia da CNBB e coloca em suas orações os trabalhos dos bispos.

“Faço votos para os trabalhos que saem dessa Assembleia sejam o rosto de Cristo, a luz do mundo e façam com que essa imagem do Cristo seja transmitida aos outros. Que a Igreja possa sempre mais aparecer, bonita, em comunhão forte como testemunho para todos os irmãos”, desejou.

O presidente da CNBB, Dom Sérgio, destacou o tema da Assembleia valorizando os leigos e falou ainda do papel da Igreja em tempos de crise.

“Não pode haver uma igreja em saída sem a participação efetiva dos leigos e leigas e não pode haver uma sociedade fraterna se os leigos não forem sal e luz [...]. No momento de crise muitos, com razão, voltam seu olhar para a igreja em busca de sabedoria, e a igreja, nesse momento representada pelos bispos, volta os seu olhar ao Cristo e coloca-se em posição de diálogo em escuta para melhor oferecer uma solução ao povo [...]a Igreja quer oferecer a todos a misericórdia Divina à luz do Evangelho, os critérios éticos que devem sempre nortear a vida pessoal, comunitária e social”, indicou.

Os trabalhos dos bispos seguem nesta quarta-feira em plenárias fechadas ao público. Às 15h acontece a coletiva de imprensa que hoje terá a presença de Dom Geraldo Lyrio Rocha, Arcebispo Metropolitano de Mariana (MG) e Dom Roberto Francisco Ferrería Paz, bispo de Campos (RJ). A entrevista será transmitida online pelo A12.com/cnbb.
Informações: A12 Notícias
COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
PORTAL IGREJA NA MÍDIA - COMUNICAÇÃO À SERVIÇO DA IGREJA.. Tecnologia do Blogger.