Relembre momentos importantes do Papa Francisco em 2016.

O ano de 2016 marcou diversos acontecimentos no Pontificado do Papa Francisco.

Entre muitos acontecimentos durante esse ano, que também celebrou o Jubileu da Misericórdia, reunimos as mensagens, os eventos e viagens que o Santo Padre concretizou durante o ano.
12 de janeiro - Lançamento do primeiro Livro-Entrevista do Papa Francisco.

Com o título ‘O nome de Deus é Misericórdia’, foi lançado no dia 12 de janeiro o primeiro livro-entrevista do Santo Padre reforçando as posições do Pontífice sobre a necessidade de uma Igreja de “portas abertas”. A entrevista foi concedida ao vaticanista italiano Andrea Tornielli.

08 de abril - Publicou a Exortação Apostólica Pós-Sinodal "A Alegria do Amor".

O documento reúne os resultados dos dois Sínodos sobre a família convocados pelo Papa Francisco em 2014 e 2015 e contribuições de fiéis no mundo inteiro. Francisco destaca no início do texto que a caminhada sinodal permitiu analisar a situação das famílias no mundo atual, alargar a perspectiva e reavivar a consciência sobre a importância do matrimônio e da família.

29 de junho - Entregou as Pálios a 4 novos arcebispos brasileiros.

Na Missa da Solenidade dos Apóstolos Pedro e Paulo de 2016, como é tradição nesta celebração, o Pontífice abençoou os pálios dos novos arcebispos metropolitanos, entre eles quatro brasileiros.
Entre os 25 arcebispos de várias partes do mundo estiveram os brasileiros: Dom Darci José Nicioli, C.SS.R. de Diamantina (MG), Dom Roque Paloschi, de Porto Velho (RO), Dom Zanoni Demettino Castro, de Feira de Santana (BA) e Dom Rodolfo Luís Weber, de Passo Fundo (RS).

20 de novembro - Encerrou o Ano Santo da Misericórdia

                 O Papa Francisco encerrou o Jubileu Extraordinário da Misericórdia. Durante esse Ano Santo o Pontífice incentivou e realizou diversas obras de misericórdia, o evento final aconteceu com o encerramento da Porta Santa da Basílica de São Pedro no Vaticano. 

                      05de junho - Canonizou Estanislau de Jesus e Maria Elizabeth Hesselblad. 

                                   Em cerimônia no Vaticano o Papa Francisco tornou santos Estanislau de Jesus e Maria e Elisabeth Hesselblad.
Estanislau de Jesus e Maria foi um sacerdote da Igreja Católica, membro da Ordem Piarista e fundador da Congregação dos Padres Marianos.
Santa Elisabeth Hesselblad foi uma freira brigitina sueca. Fundou uma nova congregação, a Ordem do Santíssimo Salvador de Santa Brígida, aprovada pelo Papa Bento XV em 1920. Criou um convento em Vadstena, na Suécia, que atualmente pertence a outra congregação.
                                
                               04 de setembro - Canonizou Madre Tereza de Calcutá.
                                                                      . 
                                            Papa Francisco proclamou como Santa, neste domingo (4), Madre Teresa de Calcutá, religiosa fundadora da Congregação das Missionárias da Caridade e vencedora do Prêmio Nobel da Paz em 1979, que dedicou toda sua vida na assistência e cuidado aos pobres.
                                        
                                        16 de outubro - Canonizou 7 novos santos.
                                                  
         O Papa Francisco presidiu na manhã deste domingo (16), na Praça São Pedro, a Missa com o rito de canonização de sete novos santos.
Entre os canonizados estão o argentino José Gabriel Brochero (1840-1914), o mexicano José Sánchez del Río (1913-1928), os franceses Salomón Leclercq (1745-1792) e Isabel de la Santísima Trinidad Catez (1880-1906), o espanhol Manuel González García (1877-1940) e os italianos Ludovico Pavoni (1784-1849) e Alfonso María Fusco (1839-1910).

         12 de fevereiro - iniciou sua 12º viagem apostólica internacional de seu pontificado, visitando o México.

        O Papa Francisco esteve no México de 12 a 18 de Fevereiro de 2016.
Um dos momentos mais emocionantes da viagem decorreu no regresso à Cidade do México, durante a passagem por um hospital pediátrico, onde o Papa abraçou crianças em tratamento oncológico, ouviu uma delas cantar e vacinou um menino para lançar uma campanha de vacinação contra a poliomielite.

     26 de junho - Encerrou visita à Armênia com gesto de paz na fronteira turca. 

                 De 24 a 26 de Junho o Papa Francisco esteve na Armênia. A visita foi marcada pelo ecumenismo e pelo esforço de Roma e Armênia em caminharem juntas à plena união. Desejo expresso pelo Papa mais de uma vez durante a permanência nas terras do primeiro país do mundo a acolher o Evangelho.

       29 de julho - Visitando a Polônia durante a JMJ reservou um dia para visitar campos de extermínio de Auschwitz. 

      O Papa Francisco esteve de 27 a 31 de julho na Polônia para a realização da Jornada Mundial da Juventude. Entre os compromissos de encontro com líderes do país e com a juventude participante da JMJ o Papa reservou o dia 29 de julho para visitar os campos de extermínio de Auschwitz. No local rezou em silêncio e cumprimentou alguns sobreviventes.

30 de setembro - Iniciou a visita à Geórgia e ao Azerbaijão. 

                                                                  De 30 de setembro a 2 de outubro o Papa esteve na Georgia e Azerbaijão, região em que a minoria da população é católica. Nessa visita o papa falou sobre diversos assuntos: paz entre as nações, unidade no amor entre os povos e religiões, a necessidade de diálogo, o perdão e tantos outros...

Informações: A12 - Santo Padre
COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
PORTAL IGREJA NA MÍDIA - COMUNICAÇÃO À SERVIÇO DA IGREJA.. Tecnologia do Blogger.