Franciele Martins escreve ao Portal Igreja na Mídia, sobre o DOMINGO DE RAMOS.


O Domingo de Ramos abre, por excelência, a Semana Santa, pois celebra a entrada triunfal de Jesus Cristo, em Jerusalém, poucos dias antes de sofrer a Paixão, a Morte e a Ressurreição.

Este domingo é chamado assim, porque o povo cortou ramos de árvores, ramagens e folhas de palmeiras para cobrir o chão por onde o Senhor passaria montado num jumento. Com isso, Ele despertou, nos sacerdotes da época e mestres da Lei, inveja, desconfiança e medo de perder o poder.

Começa, então, uma trama para condená-lo à morte.

A liturgia dos ramos não é uma repetição apenas da cena evangélica, mas um sacramento da nossa fé, na vitória do Cristo na história, marcada por tantos conflitos e desigualdades.

Foto: Internet
COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
IGREJA NA MIDIA DE COROATÁ. Imagens de tema por Maliketh. Tecnologia do Blogger.

PASSANDO

PASSANDO

POR REFORMULAÇÃO

POR REFORMULAÇÃO

AGUARDEM !!!!

AGUARDEM !!!!