Josué Pinheiro da Silva Missionário escreve ao Portal Igreja na Mídia sobre a Vocação ao Matrimônio.

A vocação ao matrimônio é uma resposta de amor e obediência a Deus. De amor porque nos tira do eu para nós, e de obediência porque reconhecemos que sem Deus nada podemos fazer.
O amor conjugal constrói, ergue, aproxima, transforma, une, nos faz integrantes do que Deus desejou para Adão e Eva.

Agora para dar essas respostas a Deus, será preciso enfrentarmos muitos obstáculos, como: novos conceitos de família (exemplo: ideologia do gênero), matrimônio apenas como fonte de prazer (apenas sexo), e vários outros pontos que podem ser elencados, todavia a nossa batalha primeira não está em tentarmos convencer os outros do contrário, mas de mostrarmos com nossos atos e pensamentos que cremos nas promessas matrimoniais (na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até que a morte nos separe).

Contudo, cito o que disse o Cardeal Angelo Comastri, vigário papal da Cidade do Vaticano, no Congresso de Renovamento no Espírito Santo, realizado no Estádio Olímpico de Roma, a 4 de julho de 2015, “O Matrimônio é uma criação de Deus, e a Igreja deve estar disposta a se sacrificar por isso.”. Lutemos, para que a vocação ao matrimônio seja essa resposta de amor e obediência a Deus.

Josué Pinheiro da Silva
Missionário
COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
PORTAL IGREJA NA MÍDIA - COMUNICAÇÃO À SERVIÇO DA IGREJA.. Tecnologia do Blogger.