Tragédia ou Crime? Dom Sebastião Bispo da Diocese de Coroatá da sua opinião sobre o rompimento da barragem em Brumadinho em Minas Gerais.

É com profundo pesar que nós sentimos neste momento o sofrimento de tantas pessoas vítimas do acidente da barragem lá em Brumadinho perto de Belo Horizonte, Minas Gerais, este fato para muitos considerado como um crime ambiental é o resultado de muitos fatores já denunciados pela Igreja.

Em primeiro lugar esta atitude do ser humano em relação a natureza: O ser humano quer explorar, abusar, sugar a natureza como se ela não tivesse limites, como se fosse uma riqueza que não termina. Essa atitude de exploração desenfreada da natureza isso é um desrespeito a criação de Deus, toda vez que nós abusamos da natureza com certeza a reação vem, ela nunca perdoa a agressão.

Em segundo lugar a lógica do capitalismo: Que visa sempre o lucro e nunca o bem das pessoas, esses investimentos muitas vezes enriquecem os grandes grupos ou até mesmo pessoas isoladas e esquecem a segurança e a proteção dos trabalhadores da própria empresa e da população que vive a redondeza desses projetos.

Em terceiro lugar é uma denúncia também: A todos aqueles responsáveis de fiscalizar e de elaborar leis de Proteção Ambiental, este acidente vem mais uma vez chamar atenção da sociedade brasileira, nós precisamos ter  mais cuidado com as leis do nosso país de preservação ao meio ambiente, não podemos facilitar de maneira nenhuma a exploração dos recursos naturais principalmente quando corre risco a vida da população, não basta só nós exportarmos nossos minérios para as nações mais ricas se o Brasil fica cada vez mais sofrendo as consequências da sua região, na sua natureza.

Neste momento também somos chamados a prevenir os males aqui na nossa região, no nosso Estado também temos diversos perigos não só também de barragem de resíduos, as grandes indústrias de produção de alumínio perto de São Luís, mas também outros perigos como as queimadas o uso de agrotóxicos que acabam matando os animais e poluindo nossas águas, nós todos devemos ter o maior carinho e o maior respeito à criação porque quando nós preservamos a natureza estamos protegendo todo ser humano.

Eu quero neste momento também expressar e convidar a todos para nós rezarmos, porque a oração nos aproxima de tantas pessoas que sofrem e que tão precisando do apoio, e a nossa atitude de cobrança para que as autoridades cumpra as suas promessas e busquem as verdadeiras causas deste acidente para que nunca mais se repita em nosso país.

Vamos continuar com a esperança porque nunca devemos desistir, porque sabemos que no sofrimento Cristo está presente e que a sua paixão possa ajudar o povo a vencer nas suas dificuldades e um dia poder louvar a Deus pela vitória da sua ressurreição.

Dom Sebastião Bandeira Coelho
Bispo da Diocese de Coroatá - MA
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Tragédia ou Crime? Dom Sebastião Bispo da Diocese de Coroatá da sua opinião sobre o rompimento da barragem em Brumadinho em Minas Gerais."

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
PORTAL IGREJA NA MÍDIA - COMUNICAÇÃO À SERVIÇO DA IGREJA.. Tecnologia do Blogger.