Homilia do 3º Domingo da Quaresma com o Pe. Edinilson Santos, SAC (Missionário Palotino).

Caríssimos irmãos e irmãs continuamos nosso retiro em preparação para a grande Páscoa do Senhor, onde Deus em Cristo reconstrói o mundo, chegamos ao 3º Domingo da Quaresma e mais uma vez somos convidados a nos converter, mudar a nossa atitude e pensamento a retomar novas vias e novos meios que nos conduz a Cristo.

Após termos assinado o nosso termo de pecadores e recebido cinzas em nossas cabeças fomos convidados também a vencer as tentações do mundo principalmente a do prazer, do ter e a do poder. Vencer não só a do mundo externo mas também as inquietações do nosso mundo interno que ainda são perturbadoras em nós pois só assim seremos capazes de nos transfigurar, de nos deixar transformar pelo grande amor de Deus em nós e desse modo não vivemos mais da lei que nos oprime mas do amor que nos liberta e nos torna libertadores.

Neste 3º Domingo da Quaresma somos convidados a olhar para Deus que é amor, que é misericórdia e não aceita as injustiças provocadas pela maldade humana ao ponto de ouvir o nosso clamor de ver o nosso sofrimento e de descer do céu para nos salvar. Deus não quer nos salvar sem nós, por isso ele usou como ferramenta de libertação a pessoa de Moisés o homem salvo das águas, salvo da morte do fio da espada um homem salvo da maldade humana, Deus salvou Moisés para que ele fosse ajuda e instrumento na salvação de Israel.

A 1º leitura desse nosso 3º Domingo da Quaresma nos mostra um novo Moisés não mais fugitivo, não mais e apenas genro de Jetro mas em Deus o libertador o construtor de uma nova história pois o povo que antes era escravo em Moisés se torna o povo de Deus.

Em Moisés Deus quer nos provar que não somos qualquer um mas sim o seu povo amado protegido pelas nuvens e pela tocha de fogo somos o povo que atravessou o mar que venceu o impossível que entrou na terra prometida, terra essa que foi prometida aos nossos antepassados mais que se realizou na pessoa de Moisés e se realizará na missão de Jesus Cristo chamado Reino dos Céus, se realizou no amor de Deus pelo povo de Israel e todos nós somos esse povo, pois somos herdeiros somos escolhidos, somos o povo da bênção.

O evangelho mais uma vez nos manda cuidar de nossa vida, de nossa fé e de nossa prática pois não seremos condenado por Deus mais julgados e condenados pela nossa própria consciência pelos nossos atos e se não nos convertemos acredite teremos o mesmo fim dos que já testemunhamos definhar pelo distanciamento dos desígnios de Deus.

Deus quer nos salvar de novo e no novo Moisés que é o Cristo ele quer continuar conosco em nossa travessia pelo deserto de nossa existência ele quer nos abrir os mares que insiste em nos afogar, ele quer conosco vencer as legiões do maligno.

O Senhor tem nos preservado, tem colocado em nós o adubo de sua misericórdia tem nos regado com a água do seu coração aberto tem por muitas vez como nos diz o salmo fechado os olhos para o mal não contemplar e desse modo nos dar chance de retorno aproveitemos essa oportunidade pois se somos povo escolhido somos herdeiros da bênção e do céu.

Procedamos como filho de Deus não podemos viver como qualquer um pois isso nos desconfigura e nos afasta da felicidade completa, após percebermos que somos esse povo escolhido, amados e protegidos por Deus a 2ª leitura nos manda se cuidar, isso mesmo vigiar, cuidar de nós pois ao cuidarmos de nós estamos cuidando dos outros. Pois podemos nos achar melhores que os outros, podemos nos colocar como únicos e até mesmo como deuses na vida dos outros, como nossas regras com o nosso modo de ser achando que somos o dono da verdade julgando, condenando, maltratando e não devolvendo o amor que com amor recebemos.

Por isso ai de vós que estais de pé, cuidado para não cair eu repito ai de vós que estais de pé, cuidado para não cair, vamos nos cuidar, vamos nos amor, vamos nos ver como irmãos precisamos vencer este mundo que descrimina, este mundo dos preconceitos, este mundo que mata o outro, este mundo que destrói vida e sequestra felicidades, precisamos vencer este mundo, precisamos viver uma realidade do abraço, da acolhida e do verdadeiro amor, pois hoje mais que ontem precisamos está em cristo.

A você meu irmão a você minha irmã um Santo e abençoado 3º Domingo da Quaresma Deus te abençoe.

Pe Edinilson Santos, SAC
(Missionário Palotino)
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Homilia do 3º Domingo da Quaresma com o Pe. Edinilson Santos, SAC (Missionário Palotino)."

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
PORTAL IGREJA NA MÍDIA - COMUNICAÇÃO À SERVIÇO DA IGREJA.. Tecnologia do Blogger.